Natalia Erzinian e Thiago Vekony Marins

SEJA BEM VINDO AO NOSSO SITE
Natalia Erzinian e Thiago Vekony Marins

Sobre os noivos

Natália:

     Nos conhecemos quando eramos adolescentes, eu com 14 anos e ele com 17. Naquele momento eu me apaixonei por ele, mas ele me olhava como uma uma bela menina que vinha no seu bairro pra brincar. Mas eu o olhava com admiração e orgulho, e assim foi, eu querendo namora-lo e ele só sendo gentil e carinhoso comigo, me chamando de minha baixinha, me deixando cada dia mais apaixonada, eu o via quase todos os dias, sendo na porta do seu colégio ou na sua rua, um ano se passou e nossos caminhos tomaram outros rumos. Conhecemos outras pessoas, outras turmas, outros lugares, mas em alguns momentos nos encontrávamos, afinal ser de Osasco é assim, meio que cidade do interior (Rs), e sempre que nos encontrávamos vinha o frio na barriga, eu sempre lembrava dele como uma história não resolvida. Anos se passaram até nosso reencontro, e quando isso aconteceu percebemos que não poderíamos viver um sem a companhia do outro, nossa cumplicidade, amor, carinho, amizade é cada dia maior, e então a pergunta surgiu, e adivinha? Eu disse SIM.  

 

Thiago:

     Nos conhecemos em 1999 ela linda maravilhosa, meiga...naquele momento, senti algo em mim como um choque percorrendo meu corpo, mas como estava em um relacionamento achei que fosse algo sem sentido, mas com o tempo e digamos uma certa insistência dela, passamos a nos ver quase que todos os dias e era inegável a nossa conexão, atração e cariinho...mas o tempo passou e ela cansou de fica me esperando e eu nunca disposto a fazer o que deveria ter sido feito, então seguimos caminhos diferentes, mesmo estando nos mesmo lugares e gostando das mesmas coisas, as vezes nos encontrávamos e sempre havia aquela faísca, mas sempre no momento errado e na hora errada...e eis que o momento certo apareceu, uma ida ao Brasil e uma vontade imensa de ver aquela menina que sempre me olhou de uma forma indescritivel, uma mistura de admiraçao, orgulho e amor, coisa que só quem já sentiu sabe o que é, foi ai que criei coragem, porque digamos após 18 anos não era a coisa mais fácil de se fazer, mas quis o destino e uma certa insistencia (ou quase nenhuma) e ela aceitou... e nos reencontramos, e foi como se o tempo não tivesse mudado nada,  eramos nós, simplesmente como estava escrito...dai para o pedido foi um piscar de olhos e digamos uma certa neve em uma tal de Paris ajudou um pouquinho... 

Fotos Recentes